19/12/2013

Brasil quer "caça tampão" até novo Gripen chegar



O Brasil vai pedir à empresa sueca Saab, fornecedora dos futuros caças da FAB, que sejam fornecidos alguns aviões enquanto os novos modelos não chegam.

O "tampão" seria um Gripen da geração atual, o modelo C/D. O Brasil anunciou ontem que irá comprar, por US$ 4,5 bilhões, 36 Gripen NG, a nova geração do avião.

O problema é que os aviões só começam a chegar, se o contrato for assinado até o fim de 2014, em algum momento de 2016. Enquanto isso, o Brasil só terá à sua disposição para defesa aérea antigos caças F-5 modernizados, já que os Mirage-2000 em uso hoje serão desativados no dia 31.

Os Mirage, 12 ao total, já eram uma solução provisória encontrada pela FAB em 2005, quando foram aposentados os antigos Mirage-IIIEBR, com mais de 30 anos de uso. Usados, tiveram sua vida útil esticada ao máximo.

Em 2005, os suecos chegaram a oferecer Gripens usados como "tampão", então a expectativa é de que o pedido do Brasil seja aceito. Os F-5 terão de ser remanejados para Anápolis, onde fica o GDA (Grupo de Defesa Aérea), responsável por proteger Brasília de ameaças.

O contingente que ficará na cidade goiana será mínimo: seis pilotos, um major e cinco capitães, para manter a unidade e cumprir horas de voo nos F-5. Hoje há 46 desses aviões, que foram modernizados pela Embraer e contam com computadores atuais, mas não foram desenhados como interceptadores, e sim aviões para combate aéreo.

O próximo caça da FAB terá a missão de unificar as capacidades dos modelos existentes hoje. Ou seja, fazer interceptação como os Mirage, combate tático como os F-5 e ataque a solo como os AMX.

Em teoria, a demanda brasileira na década que vem será por 120 aeronaves, inclusive caças navais. O Gripen tem uma versão navalizada, ou seja, com mudanças como trem de pouso reforçado para pouso em porta-aviões, na prancheta. Por ora, a Marinha mal opera os poucos caças A-4 Skyhawk de que dispõe.

6 comentários:

  1. Eu miro estou muito decepcionado com essa escolha da Presidente que continua beneficiando os EUA na compra dos caças-suecos.Eu gostaria que o Brasil tivesse optado pela escolha do caça Russo SU35MB pois esse sim é um caça completo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os caças russos seriam mais completos por qual motivo especificamente? Onde ele se enquadra nas necessidades da FAB?

      Excluir
  2. OK Valdomiro, vc é mais competente que o COPAC e FAB, direito seu se expressar....

    Saudações

    ResponderExcluir
  3. EU ESTOU SATISFEITO COM O GRIPEM, O SUKHOI 35 É UMA FURADA !!! A VENEZUELA COMPROU SUKHOI E S DEU MAL ESTÃO TODOS NO CHÃO OR FALTA DE PEÇAS !!!

    ResponderExcluir
  4. Caça por caça o f18 é o melhor mas depois da espionagem americana seria decepsionante a escolha pelo caça americano

    ResponderExcluir