31/07/2014

Russia convida o Brasil para participar de exercícios militares

O Brasil foi convidado para um exercício na Russia organizado por militares russos que testa a capacidade de pilotos de caças e de helicópteros de guerra de abater alvos e destruí-los. A informação é da agência oficial do Kremlin, o RIA Novosti.

A notícia foi divulgada no momento em que o Ocidente adota o pacote mais amplo de sanções contra a Russia desde o fim da Guerra Fria para pressionar o líder russo, Vladimir Putin, a deixar de interferir na Ucrânia. No dia 17, um avião da Malaysia Airlines foi abatido no leste da Ucrânia. EUA e Europa acusam Moscou de armar os rebeldes separatistas pró- Rússia.

A primeira edição da “competição” militar ocorreu neste mês nas regiões de Lipetsk e Voronej, entre os dias 22 e 28. e teve a participação de 34 equipes russas, 2 chinesas e 2 bielorussas. A competição foi inventada na Rússia e consiste em recriar condições de batalhas. As equipes precisam superar baterias antiaéreas e seus aviões são equipados com lança-foguetes e outras armas. Depois os grupos são avaliados.


Segundo a RIA Novosti, na edição de 2015, o torneio será ampliado e terá a participação do Brasil. A confirmação foi feita pelo adido militar brasileiro na Rússia, Marco Antonio de Freitas Coutinho. “Recebemos um convite que enviamos ao Brasil para ser examinado”, disse o militar.


“No ano que vem, certamente participaremos dessa competição.” Segundo Coutinho, se o País enviar pilotos para os testes, eles usarão helicópteros de fabricação russa. Coutinho ainda elogiou os militares da Rússia: “Acima de tudo, fiquei admirado com o alto nível de profissionalismo dos pilotos russos”.


Um comentário: