09/07/2011

COMEÇO DE CARREIRA: Cadetes da AFA recebem espadim

Eles garantem que não esquecerão desta sexta-feira, dia 8 de julho. O céu azul sem nuvens de Pirassununga (SP) foi o cenário para um momento histórico na vida de 284 Cadetes do primeiro ano na Academia da Força Aérea. Além de histórico, literalmente brilhante. Jovens na faixa dos 20 anos de idade que receberam o espadim, pequena arma branca símbolo do Cadete na Aeronáutica. O próprio Comandante da instituição, Tenente-Brigadeiro ao Ar Juniti Saito, em discurso, salientou que, durante a formatura, rememorou o seu momento de início de carreira.

“Caros guerreiros da turma Cerberus, voltei ao passado já distante, quando experimentei esse grande sonho”. O Cadete Vinicius Martins, primeiro lugar até agora no curso de aviadores, confirmou a importância do momento. “Eu me sinto honrado de estar aqui. Sei que é só o primeiro passo, mas estou muito feliz”.

Vinícius é um dos 208 aviadores da turma. Há também no grupo 51 intendentes e 25 infantes. Ao todo, o primeiro ano da AFA conta com 30 mulheres. “É a concretização de um sonho. Não sei explicar o que estou sentindo”, disse a cadete Aviadora Beatriz Oliveira. Compõe ainda a turma quatro cadetes estrangeiros do Peru, Panamá e Equador. Inclusive, adidos militares no Brasil de oito países visitaram a AFA nesta sexta. “Ficamos muito satisfeitos com a formação possibilitada pela Academia”, afirmou o Coronel Patrício Mora, da Força Aérea Equatoriana.

Ao receber o espadim, os jovens aproveitaram para lembrar dos esforços de estudo para o concurso da AFA. “Lembro que acordava de madrugada com a cabeça deitada nos livros. Trabalhava como sargento e resolvi estudar para chegar ao meu grande sonho de ser aviador”, recorda Hugo Assuero.

Após o "fora de forma", os Cadetes ainda viram no céu um coração desenhado com fumaça pelo Esquadrão de Demonstração Aérea. Abraçaram-se e entreolharam-se. Em euforia, aplaudiram os céus, os aviões, o espadim e o dia que nunca acabará.








Fonte/Imagem: Agência Força Aérea

Nenhum comentário:

Postar um comentário